5 atributos da Fotografia de “Tubarão” que você precisa conhecer6 min read

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

That’s some bad hat, Harry!

Xerife Brody

“Tubarão” (título original: “Jaws”) é um dos primeiros filmes do renomado diretor Steven Spielberg a fazer um grande sucesso. Antes, somente Encurralado havia tido boas críticas e repercutido positivamente.
Nesse filme, o Diretor de Fotografia Bill Butler e Spielberg, que figura como um bom aluno de Hitchcock, demonstram grandes habilidades na condução da narrativa. Numerei alguns aspectos que considero muito interessantes acerca da Fotografia de Tubarão, deliciem-se! 😋


1. A Paleta De Cores

Pode parecer óbvio, mas não é! Aqui no blog temos falado bastante sobre a influencia que as cores podem exercer nas narrativas e em Tubarão foi trabalho de forma sutil, porém muito constante. A paleta básica é composta por amarelo, vermelho e azul, embora possam mudar de acordo com a cena, mas sempre há alguma dessas cores presentes como se fosse uma dica dada por Spielberg ao público.
 O amarelo aparece em diversos momentos como um grande sinalizador de perigo, afinal de contas, qual a cor da placa de trânsito de atenção?!⚠ A cor está nos objetos, no sol, na areia da praia e permeia quase todos os ambientes onde o Xerife Brody está.
 O vermelho está em volta de quase todos os personagens pois todos são alvos em potencial de ataque do Tubarão, simboliza o sangue, a morte.
 E o azul vem tanto para representar o animal quanto para nos lembrar de que o perigo está no mar. Na verdade, o perigo real está no mar, mas boa parte do filme se passa em terra. Observem abaixo:

2. Referências

É quase impossível falar de Tubarão e não mencionar as semelhanças com Alfred Hitchcock. Primeiramente, é um filme sobre ataque animal; o que nos leva a “Os Pássaros” 🕊 que foi um dos pioneiros do gênero, lançado em 1963.
Abaixo serão expostos detalhes de enquadramento, movimentação de câmera e uso do tempo que foram características marcantes na obra de mestre do Suspense. 😉

3. Closes e Profundidade

Este é apenas um dos vários closes que temos no filme. A câmera está parada e com Brody em primeiro plano, com ângulo médio, enquanto as pessoas à esquerda estão em um distante segundo plano. As expressões da população, felizes e se divertindo na praia, contrastam com as do xerife que é de preocupação e ansiedade.
Além disso, Brody está totalmente vestido com cores escuras, enquanto os outros estão usando roupas de banho coloridas. Mas reparem a quantidade de vermelho que há nessa cena quando as crianças se levantam…
A profundidade aqui é usada como ferramenta da narrativa. Percebam na primeira foto, lá atrás, a cadeira do salva-vidas está vazia, o que quer dizer que não haverá saída caso o pior aconteça.

4. Tempo das cenas

Um dos primeiros momentos de tensão do filme, a cena na praia é muito interessante pois podemos perceber o uso do tempo como elemento de suspense, assim como Hitchcock o fez inúmeras vezes (eu falei sobre isso no post de Festim Diabólico!). O olhar de Brody direcionado ao mar, sempre atento e tenso é uma evidência de que também precisamos nos preocupar, nós estamos junto com o Xerife aguardando pelo pior.
Aqui está um bom exemplo do quanto esse prolongamento é importante para a atmosfera de inquietação que sentimos.
Ela começa com uma pessoa boiando no mar, no centro do quadro. Com essa centralização Spielberg quer que tenhamos atenção somente na pessoa em questão, ela está sozinha e isolada, o que nos provoca uma ideia de vulnerabilidade.
Como o mar está calmo e preenche a maior parte do espaço na cena, somos levados a acreditar que não há o que temer.

A cena gerou a famosa frase subtítulo do post e da Produtora da série House

5. O Ponto de Vista

Spielberg nos coloca dentro do filme de duas formas: com o olhar de Brody e do Tubarão.
Aqui temos a visão de Brody na praia, observando a atividade dos banhistas. Primeiros o vemos, depois temos a visão a partir de seu lugar.
Só uma notinha aqui: a cor da prancha do rapaz e a cor de sua sunga. Baseado nessa informação, vocês conseguem prever o que vai acontecer com ele? 🤔🦈

E aqui temos a visão do Tubarão pronto para atacar:

Estão ouvindo a música tema nesse momento?

Aqui temos tons de cinza e azul não só pra evidenciar o ponto de vista do peixão como também para exaltar seu momento de protagonismo.


E aí, gostaram? Que tal aproveitar o fim de semana para curtir Tubarão novamente?!
Não esqueça de seguir as redes sociais da página pois tem sempre algum conteúdo a mais!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected
Rolar para cima