Como ter um cachorro calmo?3 min read

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Nessa semana eu publiquei nos meus stories uma foto de quando o Zucco era um filhotico ainda, bem pequeno. Me lembrei de quantas coisas ja passamos nesses 4 anos.

Primeiramente, acho que um dos principais erros que cometi com ele foi ter escolhido o adestramento errado. Na época, acabei optando por um profissional que cobrava mais barato do que outros e isso acabou saindo muito caro, principalmente pro Zucco.

Eu não perguntei a metodologia utilizada, assim como não pesquisei o suficiente sobre os métodos existentes. Acho que também não entendia o real significado de socializar um filhote. Por outro lado, o adestrador também não me orientou sobre quaisquer destes assuntos.

O Zucco virou um cão adulto medroso, ansioso, reativo e que não sabia ficar sozinho. Bastava eu sair de casa pra acontecer destruição, xixi pela casa toda e latidos excessivos. Entendam: não há nada de engraçado em fotos que mostram um cachorro no meio de um monte de espuma por ter destruído um sofá. O que há por trás daquela foto é um animal com problemas de comportamento.

Mesmo apontando todas estas questões, o antigo profissional insistia em continuar o treinamento apenas fora de casa. Ele ensinava os mesmos comandos e dizia que era a obediência que iria resolver os problemas que tínhamos dentro de casa. Entretanto, os problemas permaneciam. Depois de aproximadamente 1 ano, eu e Guto conversamos e decidimos encerrar as aulas pois não conseguíamos ver nenhum progresso. Muito menos um cachorro calmo, que era o nosso objetivo com o adestramento.

Nesse momento, estávamos de mudança pra outro apartamento e ele não parava de escavar o sofá (que já estava bem destruído) quando ficava sozinho. Foi aí que fechamos com a Cão Cidadão que é mais voltada para o adestramento positivo.
O treino do Zucco passou a ser realizado 100% dentro de casa e voltado para os exercícios de calma, tranquilidade. Finalmente conseguimos ensiná-lo que quando saímos de casa não é o fim do mundo. A gente sempre volta e tá tudo bem! Desde então, levou aproximadamente 2 meses pra vermos os resultados.
Com o uso de reforçadores que ele, de fato, se interessa, conseguimos mostrar qual é o comportamento adequado. E assim, temos um cachorro mais calmo.

Nesse artigo vou te contar como errei ao contratar um adestramento e como os treinos certos ajudam a deixar seu cachorro mais calmo!

Treinar um cão pode ser frustrante, cansativo, exaustivo. Especialmente se for um Dachshund, quem tem sabe do que estou falando! Mas também tem suas recompensas.
Ir a um restaurante e ver o Zucco ficar deitadinho do meu lado já um grande avanço, me enche de alegria e de orgulho. Antes ele ficava de pé o tempo todo, sem sossego e eu acabava me aborrecendo também. Ou pior, nem levava e isso era exatamente o oposto do tipo de relação que queria com meu cão.

Em resumo, eu escrevi isso tudo pra te mostrar que você não só pode, como deve, treinar seu cachorro desde filhote. Existem bons perfis de Instagram, bons canais no Youtube e hoje, excelentes portais com aulas online. Os valores podem ser surpreendentes e vale a pena aprender a se comunicar com seu cão.
O quanto antes ele for educado, melhor pra relação de vocês. A vida deles é muito curta pra ser desperdiçada com maus profissionais! 🥰❤️

Compartilhe!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected
Rolar para cima