O grande destaque de Janeiro/21 foram as histórias mais sombrias!8 min read

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Finalmente chegou o dia daquela lista sincerona com dicas de filmes, o Assistidos do Mês, edição de janeiro/2021!
Antes de mais nada, quero confessar que tive muita preguiça de assistir filmes neste último mês e sendo assim, me dediquei a uma série, “The Undoing” que acabou sendo uma das melhores que assisti recentemente. No fim das contas, foram 22 filmes cujas opiniões estão aí embaixo.

Aqueles que não gostei

Primeiramente, quero falar sobre “Pieces of a Woman” que está bem hypado nas redes sociais e realmente não me agradou. O filme traz diversos assuntos que pouco são explorados.

Outro que também muito se comenta na cena cinéfila é “Never Rarely Sometimes Always” que também não me agradou embora aborde um tema bastante discutível que é o aborto.

Nesse sentido, “The Surrogate”, filme que esteve na Mostra de SP,e esbarra na mesma temática foi um dos piores do mês, Tinha tudo pra ser um filme excelente pois o assunto de barriga de aluguel é interessante, as atuações são boas e a fotografia bonita.
Mas os diálogos são chatos demais, a protagonista é inconveniente, obcecada e histérica. Ela quer convencer todo mundo de que só ela está certa. Chata! Os argumentos que vão contra o que o filme defende são desumanos, nazistas, ordinários e vulgares. E o final é aterrador, pra fechar o caixão de tão ruim. Em resumo, quanto mais penso, menos gosto desse filme.

Os filmes maizomenos

Continuando, apresento aqui pra vocês aqueles filmes que são bons, mas não chegaram a pontuar o suficiente pra estar entre os melhores.

Ainda assim, quero destacar “A Fotografia” que é um romance bem leve e interessante. Sabe aquele filminho pra assistir num sábado a tarde?! É ele. E no mesmo sentido, ressalto “Todas As Canções de Amor” não apenas por ter uma fotografia belíssima como também tem uma trilha sonora maravilhosamente brasileira. Valem a pena!

Os melhores da lista de filmes de janeiro

Assisti de novo

Como eu não me aguento de saudades de um filme de herói, resolvi assistir “Vingadores: Ultimato” novamente. E, de novo, continua sendo o melhor de todos da franquia, pra mim.

Por mais que eu tente negar, “Jerry Maguire” continua tendo um lugar cativo no meu coração. Nesse post aqui contei todos os motivos porque este filme ainda é dos meus favoritos.

Os grandes favoritos da lista de janeiro

Desde já, esclareço aqui que de todos os favoritos, o que menos gostei foi “Soul“, acho que ele tem um toque de “Divertidamente“, mas com outra temática. Ainda assim, o filme é sensível e bonito, tanto visualmente como na mensagem que tenta passar.

Agora, “Nomadland” com toda a certeza é um dos campeões do mês. Não só por sua bela fotografia, mas também pelas atuações e camadas que traz consigo. Eu falei sobre tudo isso aqui.

Diferente dos anteriores, “The Nest” traz um retrato sombrio porém humano das ambições vazias e pretensiosas de um lunático megalômano. Em outras palavras, temos aqui um Jude Law inspirado, excelentes atuações, um belo jogo de iluminação e uma mansão pra lá de assustadora. Gostei!

Igualmente misterioso e sombrio, “The Assistant” não poderia estar fora dessa lista. Este filme me pegou de jeito e me trouxe algumas lembranças desagradáveis de algumas situações pelas quais já passei. É uma história sobre abuso, jogo de poder, humilhação e até onde se está disposto a ir por ascensão na carreira.

Por último, mas não menos importante, está a série da HBO “The Undoing“. Dirigido por uma de minhas diretoras favoritas, a dinamarquesa Susanne Bier, temos uma história que transita em diversos gêneros. Só para ilustrar, temos romance, crime, suspense e o último episódio fecha com uma pitada de ação.

Por fim, a minha lista de filmes de janeiro foi essa! Se você assistir à algum desse por minha recomendação, depois volta aqui pra me contar o que achou!

Compartilhe!

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

1 comentário em “O grande destaque de Janeiro/21 foram as histórias mais sombrias!”

  1. Pingback: Lista de filmes assistidos em Fevereiro/2021 | COLOR my days

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected
Rolar para cima